Igor Raboni: “Carro com teia de aranha”?

20374430_1264628873649284_5828263655966168003_n

“É bem provável que seu carro esteja assim”. Calma que vou explicar. Geralmente o termo “teia de aranha” é usado de forma figurativa para se referir a algo que esteja abandonado, ou que precisa de cuidados, correto? Com o carro não é diferente, mas, neste caso, as teias de aranha realmente existem, e não é tão simples eliminar essas marcas. Evitá-las, no entanto, pode ser simples. Nem sempre o motivo para que isso ocorra seja a falta de cuidado, o motivo pode, às vezes, até mesmo ser o cuidado excessivo, ou o cuidado certo da forma errada. Complicou para entender, né? Fica tranquilo, vou explicar com detalhes agora! Você já deve ter visto um carro parado em um semáforo, ou até mesmo quando a pintura do carro recebe uma iluminação direta e vemos vários riscos circulares na pintura, já viu?

DSCF6061

Pois é, chamamos aqueles riscos de teia de aranha, por seu aspecto ser muito semelhante a uma teia verdadeira. Esta teia de aranha é um veneno para a pintura. Além de deixar a pintura feia, ela é responsável direta pela queda significativa de brilho, reflexos, e tem até uma parcela de culpa em deixar o verniz mais sensível, por reter parte dos raios UV, atrapalhando a dispersão do calor. Também não consegue dispersar o brilho e reflexo, como mencionamos acima, com isso, teremos um carro desvalorizado, uma vez que a estética tem ligação direta com a valorização de um carro na hora da venda, e até mesmo na valorização e amor que damos ao carro, rsrsrs. Eliminar esta teia de aranha não é tão simples, é um trabalho complexo e que deve ser feito por um profissional especializado, através de um tratamento da pintura por meio do Polimento Técnico. Parece simples, né? Vai lá, faz um polimento e pronto! Mas não é, cada fabricante tem suas particularidades na pintura, alguns vernizes mais sensíveis, outros mais resistentes, e isso tem influência na hora do Polimento, por exemplo, verniz sensível não combina com excesso de agressividade, já um verniz mais resistente, a que chamamos de verniz duro, exige um pouco mais de agressividade na hora do Polimento, e por isso é necessário criar um projeto de Polimento dentro das características de cada carro, e jamais serem usados processos padronizados: para cada carro uma receita de bolo. Basta um erro, e o que seria a solução dos problemas com a teia de aranha acaba se tornando uma dor de cabeça, pois, além de não corrigir os defeitos da pintura, pode gerar ainda novos problemas. Mas agora vem a parte boa. Já ouviu o ditado “melhor prevenir do que remediar”? Este ditado nunca foi tão útil como agora. É muito melhor evitar o aparecimento das teias de aranha na pintura do que ter que remediar através do Polimento e correr o risco de levar o carro até um amador e ser feito o processo errado em seu carro! E para aceitar, você não depende de ninguém, apenas de você. Sempre digo que a lavagem é a raiz de todo mal. É principalmente nela que aparecem os riscos circulares (teia de aranha), através de uso de equipamentos e técnicas erradas. Não precisa ser nenhum expert ou profissional para fazer uma lavagem correta. Basta seguir alguns princípios que vou listar como dicas agora.

 

USAR BUCHA É BUCHA! Nunca use bucha em seu carro, ela aumenta o atrito da sujeira com a pintura, e o resultado disso são riscos, principalmente com o uso de movimentos circulares na lavagem: é daí que vem a teia de aranha. Substitua, então, a bucha por luva de microfibra (Cadillac indica Luva de Microfibra Supreme Cadillac), e os movimentos circulares por movimentos retos.

luva de microfibra supreme

LAVE ANTES DE LAVAR. Confuso, né? Mas existe um processo, que chamamos de pré-lavagem, que consiste em remover toda a sujeira “grossa” através do uso apenas da água e sua pressão, para remover todo pó sobre a pintura. Por isso, faça este processo e depois faça a lavagem através da esfregação.

 

SHAMPOO QUE ESCORREGA… essa é ótima, faça o uso de shampoos de qualidade, eles rendem muito e têm uma lubrificação muito importante para reduzir o atrito na esfregação. (Cadillac possui 3 opções de shampoo, todos com pH neutro: Lava Auto Monster, High Shine e Orange).

maxresdefault

SECAR É FECHAR COM CHAVE DE OURO: ao secar o carro não use panos de chão, ou coloque pressão excessiva sobre a superfície. Sempre use microfibras de boa qualidade, comece sempre com movimentos retos, suaves, e de cima pra baixo, assim como deve ser feito na hora da esfregação da lavagem. (Cadillac indicada para secagem o couro de secagem Cadillac).

 

Bom, talvez estes 4 passos não resolverão 100% dos seus problemas, mas garanto que, se você é chato com carro, isso vai te levar para um outro nível de chatisse, talvez um chato com carro nível Hard..kkk. Agora, é só pegar esse texto e fazer como sua esposa faz ao fazer uma receita de bolo nova, ela coloca a receita do lado do fogão e vai seguindo passo a passo, né? Então, faça isso, pegue este texto, coloque ao lado do seu carro, e seja feliz. Aaah, e não poderia deixar de te dar boas-vindas. Seja bem-vindo a um novo life style. Um estilo de vida pra quem é “Chato Com Carro”.

 

20374430_1264628873649284_5828263655966168003_n

 

Igor Raboni é detailer profissional e proprietário do canal de sucesso “Ao Raboni”.

https://www.youtube.com/channel/UCOQYjGY9O-TzuPpkr12y0WA